Balanço intermédio da Aventura

logoO projeto Uma Aventura no Mundo da Cidadania tem vindo a desenvolver desde Março de 2014 um trabalho de promoção da cidadania participativa no concelho de Gouveia, fomentando práticas democráticas, solidárias, intergeracionais e de participação na vida da comunidade. Neste contexto, a Aventura tem vindo a trabalhar ao longo destes meses com grupos de encontro de crianças, jovens, famílias e seniores. Com base em metodologias participativas, os grupos de encontro têm vindo a refletir sobre o seu território e as suas comunidades, abraçando processos de desenvolvimento de ideias e propostas, em diálogo com instituições e autarquias, e construindo planos de ação com vista à concretização de propostas em prol do bem comum. O debate de temas atuais como: a boa governação, o desenvolvimento local e sustentável, a tolerância e compreensão intercultural, o racismo, a xenofobia, a igualdade de género e a prevenção da violência, entre outros temas que surgem mediante as necessidades e interesses dos grupos, esteve também presente nesta Aventura. Para além da freguesia de Gouveia, o projeto estendeu-se à freguesia de Aldeias, Paços da Serra, Vila Nova de Tazem, Arcozelo da Serra e Ribamondego.

Neste mês de Agosto, a equipa aproveita para fazer um balanço dos resultados alcançados nos vários indicadores de medida dos objetivos do projeto que, neste momento, estão a acontecer de acordo com o previsto. Deste modo, já se encontram envolvidos no projeto 23 grupos de encontro, entre grupos de crianças, jovens, famílias e seniores, alcançando a meta inicialmente definida. Relativamente ao nº de propostas apresentadas pelos grupos de encontro no Fórum da Cidadania a que acrescem as atividades realizadas nas comunidades contabilizam-se no total 23 das 32 apontadas em sede de candidatura.

Para a fase final do projeto que decorre desde o mês de Setembro até à finalização do projeto em Fevereiro de 2016, a equipa tem como expetativa que a Aventura continue a crescer, abrangendo outras freguesias do concelho de Gouveia onde, de resto, já houve atividades e interesse demonstrado por entidades e pessoas. Assim haverá com certeza mais grupos de encontro a associar-se a esta caminhada. Esta fase final será crucial para a consolidação e enraízamento do projeto no sentido de um maior e mais profundo impacto positivo nas comunidades. Neste sentido, procurar-se-á que as ideias e propostas dos grupos se concretizem mas, acima de tudo, que se intensifiquem e aprofundem os diálogos, as reflexões e as acções e práticas colaborativas. É também expectável que surjam novas ideias/propostas para melhorar a qualidade de vida no território e da comunidade em geral, e que exista cada vez mais comunicação, interacção e complementaridade entre cidadãos/ãs e equipas das autarquias locais, cujas ações conjuntas poderão assim contribui de forma mais eficaz para o bem comum de toda a população.

O processo desta Aventura tem constituído para todos/as os/as participantes, para a equipa, para as autarquias e comunidade em geral uma oportunidade de aprendizagem, de conscientização para a cidadania participativa, em que cada grupo reflete e debate no seu núcleo pequenos grandes projetos e ações que permitem desenvolver  e fortalecer um sentimento de pertença e de posterior abertura à comunidade, o que automaticamente implica atitudes de inclusão, tolerância e respeito pelas diferenças, participação, ação, e transformação pessoal e coletiva.

Pode ficar a conhecer um pouco melhor os grupos de encontro, e os temas propostos por cada um na apresentação que disponibilizamos aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *