III FÓRUM | 26.03.2015

forum-cidadania_26mar-webNa terceira sessão do Fórum da Cidadania, a primeira de 2015, o objetivo central foi reunir alguns dos grupos de encontro em atividade no projeto de “Uma Aventura no Mundo da Cidadania”, com os decisores locais e a comunidade. Os grupos de encontro tiveram a oportunidade de fazer uma breve apresentação do seu percurso, abrindo-se espaço para o debate após a apresentação das ideias e propostas dos grupos.

O Grupo de Encontro das Senhoras do GAF foi o primeiro a lançar um tema a debate. A indústria dos lanifícios do concelho cruzado com o tema da igualdade de oportunidades e direitos entre mulheres e homens tem sido alvo de reflexão por parte deste grupo. Após reviverem e aprofundarem memórias do trabalho diário na fábrica, de como era ser mulher, da desigualdade salarial, entre outros, o grupo pensou de que forma podia trazer para a esfera pública o reconhecimento do papel da mulher no desempenho desta atividade, e de construir uma mensagem de igualdade a transmitir à comunidade. Assim, surgiu o projeto Manta de Retalhos, em que o grupo desafia a comunidade a construir uma manta de quadrados de lã, que simbolize as memórias das mulheres ligadas à indústria dos lanifícios do concelho de Gouveia, e a luta pela igualdade do género. No momento de debate, os participantes foram acrescentando novas ideias ao Projeto da Manta de Retalhos: no dia da exposição pública da manta esta podia ser colocada na varanda na frente da Câmara Municipal; ser exposta no jardim das bobinas ou na varanda dos bombeiros; pensar-se na possibilidade de esta manta rodar pelo concelho numa exposição itinerante com os testemunhos vivos das participantes do grupo de encontro; a exposição poderia ser complementada com a exibição do documentário sobre os lanifícios.

Seguiu-se o Grupo de Encontro de Gouveia com o tema dos espaços verdes, onde o representante apresentou as ações de limpeza já desenvolvidas, por este grupo informal de cidadãs e cidadãos, sobretudo no espaço da Cerca, após este ter sido definido como um dos espaços a trabalhar pelo grupo. Foi ainda anunciada uma nova iniciativa do grupo a decorrer no 10 de Maio (domingo) às 9h, que tem por objetivo promover um maior conhecimento dos espaços verdes de Gouveia através de uma expedição fotográfica e caminhada. Algumas das reações dos participantes e decisores locais sublinharam a importância de se fazerem e comunicarem diagnósticos acerca destes espaços; monitorizar e expor aspetos menos positivos, bem como apresentar sugestões de soluções às entidades responsáveis num trabalho colaborativo. Salientou-se ainda a importância de se “tornar os espaços nossos, das pessoas” e surgiram ainda vontades de estabelecer pontes com outras freguesias e grupos.

11063766_1578549492385194_99578541009397492_nO Grupo de Encontro Adultos em Festa debruçou-se sobre o Centro de Saúde, tendo observado no local os aspetos mais e menos amigos deste serviço (“Projeto Gouveia Amiga das Pessoas”). Após terem desenvolvido reflexões e propostas, estas foram devolvidas numa reunião a um representante do Centro de Saúde que mostrou interesse em promover uma parceria com este grupo de cidadãs e cidadãos para otimizar e humanizar o ambiente interior do centro de saúde, que atualmente se caracteriza por ser “muito cinzento”, tendo-se começado a planear a colaboração que inicialmente passará pelo grupo começar a elaborar painéis criativos. Outras contribuições surgiram no debate: fazer uma recolha de brinquedos novos para o bloco amarelo onde se encontram os serviços de saúde infantil e alargar o movimento de cidadãos e cidadãs preocupados com a melhoria deste serviço.

O Grupo de Encontro de Vila Nova de Tazem apresentou-se mais focado nas questões do património e partilhou as13168_1578549199051890_2621751773682682168_n ações desenvolvidas até ao momento que passaram pelo reconhecimento de locais com interesse natural, histórico e arqueológico, aprofundamento da sua história com a ajuda de um arqueólogo e com a recolha de informação junto de pessoas mais velhas conhecedoras de saber, de histórias e lendas relacionadas com estes locais e com a Vila em geral. Os participantes mostraram interesse pela proposta da criação de um roteiro, e de como esta seria uma boa prática a estender pelas outras freguesias do concelho. Também foi reforçada a importância de se estabelecerem intercâmbios entre os grupos.

O Grupo de Encontro de Crianças de Paços da Serra (CACR) também esteve representado por duas crianças, que em conjunto com o Presidente da Junta de Freguesia falaram um pouco sobre a colaboração que está a ser estabelecida. Este grupo tem-se focado no projeto a Aldeia Amiga das Crianças identificando aspetos mais e menos amigos nos espaços da localidade que conhecem e frequentam. Um exemplo de diálogo aberto e participado que se pretende promover, contribuindo para aproximar cidadãos e cidadãs de todas as idades às autarquias locais, promovendo-se o reconhecimento das crianças como cidadãs de pleno direito.

11094723_1578549659051844_4418038475452927268_nAs ideias e propostas levadas a este Fórum foram validadas e reconhecidas pelos participantes como importantes pela sua diversidade, tendo suscitado discussões interessantes e o aprofundamento dos temas, valendo a pena acompanhar a sua evolução até à realização do próximo Fórum previsto para o mês de Junho. Conhecer, articular, integrar e multiplicar as boas práticas dos grupos de encontro de cidadãs e cidadãos de forma consistente ao longo do tempo, fará a diferença para promover uma comunidade cada vez mais consciente da sua cidadania e participativa.

No final, as e os participantes que ainda não pertencem a grupos de encontro foram convidadas/os a formar novos grupos ou a integrar os já existentes, para que o movimento de cidadãos e cidadãs cresça em prol da melhoria e desenvolvimento do concelho. Foi ainda pedido aos participantes por escrito e de forma anónima o feedback da sessão numa palavra ou frase. Eis algumas das ideias referidas: “Correu bem…muitas ideias boas surgiram!”; “Construção”; “Produtivo e proactivo”; “Momento de debate e partilha de experiências”; “Gostei muito desta participação, só temos todos que participar”; “Gostei das ideias”; “Achei este fórum interessante, superou as minhas expectativas”; “Gostei de ver algumas ideias concretizadas”; “Muito interessante a partilha de projetos”; “Boa dinâmica”; “A dinâmica e a partilha traduzem este fórum da cidadania”; “Achei interessante a partilha de ideias e a abertura e cooperação entre os grupos”; “Adorei!, Interessante!, Gostei!”; “Foi importante saber que há mais pessoas interessadas em lutar pelo melhor”; “Interessante, enriquecedor, participativo”; “Partilhar – Cooperar – Fazer”; “Participativo”; “Foi a primeira vez que vim. Gostei do que ouvi. Espero que as propostas sejam alargadas”; “Ideias partilhadas transformam a cidade e os espaços”; “Momento extremamente proveitoso, enriquecedor e muito útil tendo em vista a melhoria do concelho de Gouveia”; “A diversidade cultural é uma raiz cada vez mais importante para a melhoria de um futuro melhor”; “Dinâmico – Participativo – Partilhado”; “Intercâmbio e partilha de experiências”; “Vamos pôr todos os grupos a interagirem uns com os outros”; “Momentos interessantes de partilha e criativos”; “Foi um momento de reflexão das potencialidades do concelho e do contributo que cada um pode dar”; “Bom trabalho”; “De todo interessante. A união faz a força só com união se consegue uma cidadania melhor”; “Gostei muito desta reunião: confirmámos!”; “Debate/partilha”; “Boa partilha de interesses e preocupações!”; “Ótimos temas falados hoje, espero que tudo se realize!”;”O fórum foi construtivo!”